Faxina

22:26


Chega um momento na vida da gente em que é preciso mudar. Tirar aquela bagunça de dentro do peito, jogar fora o que não serve mais, organizar o que restou. Porque a vida nem sempre é leve como a gente gostaria que fosse. Às vezes, ela pesa.

Por isso, há horas em que o bom mesmo é transformar tudo. Abrir mão do que já não serve, dos compromissos que a gente não tem tempo de cumprir, das promessas que já não fazem mais sentido, das mil e uma metas que traçamos naquele pedaço de papel. Aceitar que alguns sonhos têm prazo de validade. E que as coisas precisam mudar quando o coração pede, porque só ele sabe o que é bom pra gente.

Chega um momento na vida em que a gente percebe que não adianta consertar aquilo que já não funciona. E que é perda de tempo guardar as peças de um quebra-cabeças perdido. Chega um momento em que é preciso deixar ir todas aquelas coisas que já não nos servem. Abrir mão. Abrir espaço.

A gente precisa mesmo é de uma vida leve, uma rotina que nos faça bem, a gente precisa viver com propósito. Precisa sentir que valeu: que valeu à pena, que valeu o esforço, que valeu o sacrifício.
A gente precisa acordar com brilho nos olhos e o coração tranquilo, aquela vontade de mudar o mundo (mesmo sabendo que isso não está ao nosso alcance). A gente precisa de emoção o tempo todo, aflição e ansiedade, pra que a vida não perca a graça, o brilho, a vontade.

Não dá pra ser feliz com tanta bagunça no peito, por isso, às vezes, a gente precisa jogar algumas coisas fora para correr atrás do que vale à pena, do que emociona. Deixar o coração e a alma livres para o novo. Transformar. Transcender.

Veja também:

10 comentário[s]

  1. Amei o post *-* Acredito que mesmo que você não esteja falando exatamente do que eu estou sentindo, mesmo assim esse texto significou muito pra mim e fez todo o sentido. Beijão!

    ResponderExcluir
  2. mesmo que eu não comente há tempos aqui, tô sempre vendo o blog, Mah, e espero muito que esteja tudo bem contigo ♥

    fica com Deus, flor
    :*

    ResponderExcluir
  3. Este post descreve meu momento. Tudo que passa pela minha cabeça.
    Concordo com cada frase. E sei que, o que foi dito aqui está correto. Mas, a insegurança, o medo e o receio acabam atrapalhando quem quer mudar, quem quer dar um sentido novo a vida. Quem precisa desagarrar daquilo que não faz bem. E eu, mais do que nunca, sei o quanto é difícil.
    Mas, obrigado pelo texto. Era tudo que eu precisava ouvir, ou melhor, ler. A sua mensagem me deixou mais disposta e mais encorajada com as mudanças que podem vir por aí.
    Vou guardar o texto, dentro do peito. Para não esquecer essas palavras tão sinceras e tão inspiradoras.

    Um beijo, Mari:*

    ResponderExcluir
  4. Que textinho incrível, falou tudo. É isso mesmo a gente só vive bem se tiver coisas que nos fazem bem, ninguém vive bem com uma vida bagunçada. Beijão <3

    @keithpappen
    www.detalhesamor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Acredito que não há maneira de ir em frente se não houver essa faxina. É bom refletir sobre o que passou, pesar os prós e contras, começar de novo, seguir o nosso caminho. Espero que tudo esteja bem contigo.

    :*

    Heart Sugar Cubes

    ResponderExcluir
  6. Não há maior verdade! é incrível como uma limpeza geral faz bem em qualquer sentido. Adoro!

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. E sabe oq eu descobri? Que é nessa hora, na hora da mudança, da libertação, da transformação, que vc se descobre. E de repente, qdo vc menos espera, vc está feliz. Finalmente.

    Te amo. Saudades!

    ResponderExcluir
  8. Obrigada a todas vocês que comentaram! Estou bem e muito contente pelo carinho que recebi aqui!

    ResponderExcluir
  9. Ótimo texto Mari!!
    Eu tô quase achando que uma faxina é necessária todos os dias... sempre tem um resquício de algo, aquela poeirinha lá no fundo que se alojou sabe? Não que isso seja fácil, mas deve valer muito a pena! Exercitarei isso mais vezes!

    ResponderExcluir
  10. Me senti preenchida depois de ler seu texto,de ler algo que me fizesse pensar nesse "peso" que a gente carrega no peito. Às vezes deixar o que já foi pra traz é difícil mas muitas vezes é o melhor a se fazer pra alcançar a felicidade.

    Beijo Mari! :*

    ResponderExcluir