Sobre o sonho de ver neve de pertinho: curiosidades sobre o Valle Nevado

Créditos: Pablo Acevedo
Vocês, que me acompanham há quase seis anos – ou até mesmo os que me conheceram agora – sabem que eu amo o verão. É real: eu e o sol estamos em um relacionamento sério desde que nasci. Adoro praia, areia e até aquele calor abafado de São Paulo que mais ninguém suporta. Mesmo assim, preciso confessar uma coisinha: sempre tive vontade de ver neve de pertinho! E acho que é assim com todo mundo – tô certa? Morro de curiosidade meeesmo!

Então, se eu ainda planejo escrever um livro, plantar uma árvore e ter um três filho filhos, é claro que esquiar na neve também faz parte da minha lista de sonhos. Por isso que, desde o ano passado, quando eu e o Di ainda nem havíamos cogitado a possibilidade de irmos para os EUA, ou de voltarmos para Punta Cana, eu comecei a pesquisar possíveis destinos para finalmente realizar esse desejo. Na época, desistimos por falta de grana, uma vez que nenhum destino pareceu caber no nosso orçamento. Eis que agora uma nova ideia vem pra reascender meus planos com tudo: o Chile. Por estar aqui pertinho, na América do Sul, acredito que a possibilidade de irmos pra lá uma hora é bem grande – oba! Já dá até vontade de fazer a mala.



Andei fazendo umas pesquisas. Descobri que o Chile é um ótimo lugar para clicar lindas paisagens cobertas de neve, e praticar um esporte incrível: o esqui. Sobre essa parte, vale comentar que Santiago tem um centro de esqui supermaneiro, o Valle Nevado. Ele fica na Cordilheira dos Andes, há 46 quilômetros da cidade e é, pela minha pesquisa, uma opção linda pra uma viagem há dois.

Mas tem lugar pra se hospedar?
Tem sim: muitas opções em meio a neve. O próprio centro de esqui, pelo visto, possui acomodações – mas é óbvio que, em termos de preço, elas saem mais caras do que os hotéis e condomínios da região.

Qual é a melhor época para se aventurar por lá?
Se resolver conhecer o Valle, os melhores meses são junho (final do mês) e setembro (início). Nesses pequenos períodos do ano, tem neve e menos gente, já que é época de baixa temporada. Ou seja, dá pra brincar bem mais sossegada nas pistas de esqui. Quanto às fotos, acho que é óbvio, né: nada de intrusos nos cliques. Particularmente, prefiro assim. ;)

Também gosta de evitar muvuca? Não vá, de jeito nenhum, em julho ou agosto, para não pegar o período de férias, quando todo mundo viaja.

Tem outra coisa pra fazer além de esquiar?
Sim. Na região, seja verão ou inverno, há trilhas, montanhas e opções de passeio de bike e cavalo. Tem teleférico também, gente! E pubs e bares pra quem não perde a chance de curtir a noite.



Que look usar?
Vocês também ficam aflitas quando o assunto é roupa? Eu fico sempre, especialmente quando nunca visitei o lugar. A minha mala para a Califórnia, por exemplo, viajou comigo recheada de vestidos, macacões, shortinhos, blusinhas e biquínis. Aqui, óbvio, o cenário é outro: eu teria que levar sobretudos, botas de diferentes tipos, nada parecidas com as que estou acostumada a usar (de preferência as com solas de alta tração e impermeabilizadas, para resistirem à neve), cachecóis, gorros, luvas, protetor de orelha, óculos escuros, blusas, calças e meias térmicas, camisetas, e por aí vai.

Aliás, imaginando que exista todo um truque e expertise pra não passar frio, resolvi ler mais e achei uma dica sobre se vestir por camadas:

“Uma dica muito boa para não passar frio na sua viagem ao Valle Nevado é, na hora de fazer a mala, mentalizar suas roupas como se fizessem parte de uma pirâmide.

*Topo: composto por agasalhos que estarão mais em contato com a neve e a chuva. Os casacos, cachecóis, gorros e botas podem ser intercalados nos 10 dias de viagem. Como são itens que não irão sujar com facilidade e ocupam muito espaço na mala, não vale à pena levar um para cada dia. Com criatividade, é só combinar essas peças de formas diferentes que você terá um look por dia.

*Meio: composto por calças compridas e camisas de manga longa. Prefira sempre tecidos grossos, mas confortáveis, como veludo, fleece ou strecht. Pode levar calças leggings de lã também.

*Base: composta por roupas que vão estar em contato direto com o seu corpo (primeira camada). Por questões de higiene, o ideal é você levá-las em maior quantidade.
Afinal, você poderá transpirar apesar do frio intenso principalmente quando você for esquiar.”

A pesquisa não para por aqui. Tô pensando em ir compartilhando mais curiosidades com vocês, conforme for descobrindo. Mas, por enquanto, quem também ficou animada pra viajar pra lá? E quem aqui já realizou o sonho de ver neve de pertinho?



Veja também:

4 comentário(s)

  1. Eu sou louca pra conhecer o Chile, principalmente o Vale Nevado, que sonho <3
    www.desencana.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tão lindo, né, Ma? Eu não sou amante do frio, mas sempre quis ver neve! <3 Quem sabe em breve, né?

      Excluir
  2. Apesar de eu ter crescido na serra catarinense e ter visto gelo e neve (não dessa forma como no Vale Nevado) meu sonho é conhecer lugares assim! Geada não foi o bastante, hahahaha.
    XoXo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAHAHA! <3
      Ah, mas mesmo assim, você já tá com um pézinho de vantagem. Nem geada eu vi, Grazy. HAHAHAHA!

      Excluir

Instagram Images