Você não está sozinho: bate papo + projetos que precisam da sua atenção

19:20


Eu tenho ficado bastante chocada nos últimos dias com tantas notícias envolvendo suicídio. Os desafios do jogo Baleia Azul, e até mesmo essa série que virou modinha, têm me causado muito medo e embrulho no estômago. Eu acho que não cabe a mim julgar as razões pelas quais um jovem decide acabar com a própria vida, - nem mesmo na ficção -  até porque dor é uma coisa relativa e cada um sente de um jeito. Mas, na posição de comunicadora, com um blog prestes a completar 6 anos, e diante de tantas notícias chocantes, eu me senti hoje na obrigação de trocar uma ideia com vocês e mostrar que não: você, que está sofrendo, não está sozinho. A ideia desse post é justamente trazer opções que, talvez, façam você se sentir melhor.

Só uma observação a respeito da série que eu citei: eu não acho que ela ajuda. Depois de assistir dois episódios extremamente cansativos, com atuações rasas (minha opinião), um monte de clichês e um enredo erroneamente romantizado, eu cheguei a conclusão de que ela pode, sim, ser um gatilho para quem está passando por um problema. É bom a gente lembrar que uma pessoa que está bem, feliz e realizada, não sai buscando por aí opções para acabar com a própria vida. O máximo que pode acontecer é ela assistir os episódios e gostar - ou não - da produção. O que já não acontece com alguém que está deprimido. Só para defender meu ponto de vista, quero lembrar que a protagonista não teve uma chance. A série faz questão de mostrar, o tempo todo, que ninguém se importa com ela, e isso pode levar um telespectador depressivo a pensar, de maneira equivocada, que assim como Hannah Baker, ele também está sozinho. E não está. Não é verdade. Tem muita gente querendo ouvir e ajudar, como vou mostrar nesse post.


Baleia Rosa
O game vai na contramão do jogo que tem feito dezenas de vítimas em todo o mundo - inclusive aqui no Brasil, onde os números são alarmantes. A ideia é propor 50 desafios que estimulem o amor próprio, a amizade, a valorização da vida, os sonhos pessoais e as conquistas. Achei tão bonito que até me emocionei enquanto pesquisava mais sobre cada tarefa. E recomendo pra todo mundo, incluindo você que acha que sua vida está ótima: vai por mim, são lições bonitas e deliciosas de fazer.


Setembro Amarelo
Eu tô acostumada com o Outubro Rosa e o Novembro Azul, mas nem de longe eu imaginava que o mês de setembro fosse dedicado à causa. O movimento acontece todos os anos, especialmente no dia 10, que é o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio. Foi iniciado pelo CVV (Centro de Valorização à Vida) e precisa da atenção de todos nós para ganhar força. O que achei legal lá no site foi esta cartilha aqui. Ela esclarece muitas questões que são consideradas tabus até hoje, incluindo a de que sim: o suicídio faz parte da natureza humana, mas que esse impulso pode ser tratado e solucionado.


Como Vai Você?
E por falar no CVV, vocês sabiam que eles possuem diversos canais de contato onde oferecem apoio emocional? O atendimento é voluntário, gratuito e sigiloso, e o melhor: você pode escolher conversar com alguém pessoalmente, por telefone ou internet.

Facebook + CVV


O próprio Facebook possui uma ferramenta criada em parceria com o CVV para ajudar quem precisa. Se você conhece alguém que aparenta estar deprimido, com ideias suicidas e de automutilação, basta denunciar a publicação e mencionar a sua suspeita. A pessoa, então, receberá um alerta da rede social, com uma série de opções.


A ferramenta fornece à vítima de pensamentos autodestrutivos ainda algumas dicas do que fazer nessas situações. E uma página com vários canais de contato, dicas e outros projetos que podem ajudar.

With Helps Comes Hope
Peguei essa indicação na página do Facebook que mencionei. Aqui tem uma lista criada especialmente para todos aqueles que estão buscando ajuda. São 100 coisas para fazer pelos próximos cinco minutos, no momento em que os pensamentos autodestrutivos invadirem a mente. O tipo de coisa que eu vou salvar nos meus Favoritos, sim, por achar que esse é exatamente o documento que todos deveriam ter em mãos num momento de aflição.


Baralho dos Bons Sentimentos
Este aqui é um projeto meu, mas jamais imaginei mencioná-lo em um post como esse. Fiz para um concurso da Petite Jolie, com aquela ideia de proporcionar às pessoas uma vida mais zen. São 30 cartas recheadas de desafios e conselhos para incentivar o amor próprio e a coragem, e valorizar a vida de cada um. Tá disponível pra download e foi feito com todo o carinho do mundo!


E é isso. Tenho certeza de que existem muitos outros projetos voltados à causa, mas estes foram os que encontrei por ora. Com isso, quero dizer a você que me lê que você pode contar comigo, com este espaço, com este blog. Que ao contrário do que acontece na série modinha, tem muita gente disposta a te ouvir e ajudar. Que a dor que você está sentindo não é frescura, nem ócio, nem falta do que fazer. Você pode e deve buscar auxílio. Você pode e deve enfrentar o problema. Você não está sozinho.

Se vocês conhecem mais projetos legais como esses que mencionei, não esqueçam de deixar aqui nos comentários. Vamos fazer desse post uma lista gigante de opções para quem está precisando. Indicações serão mais que bem vindas!

Veja também:

10 comentário[s]

  1. Não assisti 13RW, mas ouvi bastante a respeito, tanto positiva quando negativamente. Muito legal esse seu post, não conhecia esse recurso do facebook, achei muito interessante! Além desses projetos tem também o "Baleia branca', muito semelhante ao Rosa, e tem me ajudado bastante. Meus pensamentos suicidas pararam na adolescência, mesmo assim o projeto tem me ajudado com depressão. creio que há muita gente necessitando de ajuda também.
    http://www.umavidaemandamento.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. muito muito bacana você trazer essas informações!! eu to num momento cheia de coisa pra pensar na minha vida que estou perdida, nao sei do que se trata baleia azul, e essa série ainda nem comecei mas tb ja nem tenho vontade de ver haha uma realidade triste ver pessoas que conseguem chegar nessa situação de tirar a vida. muita coragem né? precisam muito de ajuda, e o mundo precisa de mais solidariedade, mais posts encorajados, mais mensagens bonitas.
    e menos facebook falando só de raiva, indignação, política, indiretas.
    <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, Gabi. O mundo precisa de mais amor e mais empatia mesmo! <3

      Excluir
  3. Que coisa linda a ideia por trás da Baleia Rosa Mari. Fiquei encantada. O seu baralho também é um desses projetos que enchem o coração de amor. Linda demais a iniciativa! <3

    ResponderExcluir
  4. Amei o seu post! Tudo isso precisa ser abordado e conversado o máximo que puder. Eu já passei por essa situação e conheço pessoas que também passam e sempre achamos que estamos sozinhos, mas não é bem assim. Esse projetos me ajudaram bastante, e espero que as pessoas possam deixar de lado os preconceitos e abraçar mais as pessoas que precisam de ajuda.

    Beijos, www.aluadas.net

    ResponderExcluir