5 passeios imperdíveis para fazer em NYC


Como muitos de vocês já sabem, ano passado realizei o sonho de ir a Nova Iorque! Foram seis dias deliciosos - apesar do frio e da chuva... e eu consegui visitar uma série de lugares que sempre tive vontade. Conheci a Estátua da Liberdade, passeei pela biblioteca pública, e visitei outras dezenas de atrações que fazem parte da rota turística obrigatória. Mas também caminhei pelas ruas incríveis de DUMBO sem pressa, tomei sorvete em Chinatown e provei dry aged - tudo no mesmo dia; provando que dá sim pra gente fugir um pouquinho do convencional mesmo com o tempo apertado. ;)

Tem vontade de conhecer NYC um dia? Então esse post é pra você. Separei 5 passeios imperdíveis que fogem um tantinho da rota turística - vale a pena conferir!

1. Caminhar sem pressa pelas ruas de DUMBO
DUMBO (Down Under Manhattan Bridge Overpass) é uma região do Brooklyn localizada bem abaixo da ponte de Manhattan. Muito charmosinha, abriga dezenas de lojas, galerias e restaurantes, e atualmente é o reduto favorito de muitos jovens e artistas. Ah! Para os instagrammers de plantão, em DUMBO há várias paredes com grafites lindos pra clicar. Para chegar à região, é só pegar as Linhas A ou C - Azul, descer na High Street e depois ir a pé. O passeio vale muito a pena!

Booking.com


Não perdi tempo e fiz um clique nessa parede bonitinha. Hahaha!
2. Ir até Manhattan andando pela Manhattan Bridge
A ponte, inaugurada em 1909, tem 2km de extensão - uma caminhadinha e tanto! Porém, oferece uma vista de tirar o fôlego da famosa ponte do Brooklyn e da silhueta de Nova Iorque, e é bem menos visitada pelos turistas. Minha sugestão: almoce em DUMBO, e depois faça a caminhada pela ponte sentido Manhattan. Você vai descer em Chinatown, que é o próximo ponto turístico dessa lista.

Vista de tirar o fôlego: dá para ver a Brooklyn Bridge e a silhueta de Manhattan direitinho!
3. Andar por Chinatown e tomar sorvete no Taiyaki
Chinatown é completamente diferente de todas as áreas de NYC. Sem falar que a região é bem grande se comparada à de Los Angeles, por exemplo.


Mercados, bancos, peixarias, lojas e várias mulheres tentando vender bolsas falsificadas de grifes famosas em plena luz do dia - eu juro!


É bem aqui, em uma ruazinha tranquila, que está a Taiyaki NYC, uma sorveteria que ficou famosa na internet por causa das casquinhas em formato de peixe, e o popular sorvete de unicórnio.


Particularmente, não curti muito a casquinha. Ela tem uma textura macia, e um recheio que parece doce de feijão (não sei se era). Mas o sorvete era muito cremoso e gostoso, e a aparência a coisa mais linda do mundo! (EDIT: eu descobri ontem que Taiyaki é uma sobremesa japonesa muito popular - o tal peixinho da foto. Vem com recheio de feijão azuki ou creme. Agora entendi porque não gostei muito.)

4. Assistir a um jogo de basquete do Knicks no Madison Square Garden
Foi a realização de um sonho antigo assistir a um jogo dos Knicks nessa arena - só quem me conhece bem sabe o quanto eu queria isso! E pra minha sorte, foi um jogão com duas prorrogações, desses que fazem a gente perder o fôlego. Então fica aqui a dica de um passeio imperdível se for à Nova Iorque durante a temporada: não deixe de assistir a um jogo do principal time da cidade. E jante cachorro quente pela experiência - mas não crie expectativa porque, acredite se quiser, os nossos são bem melhores! Hahaha!

Jogão!
5. Jante dry aged (se tiver coragem) em uma tradicional casa de steak
Eu tinha vontade de provar dry aged desde a época da faculdade, quando estudei, no módulo de carnes, os processos de maturação. Para quem não conhece, trata-se de uma carne maturada a seco, sem embalagem, por um período mais longo que o comum, que pode ir de 14 até 200 dias - para entender mais sobre esse processo, clique aqui.

Uma vitrine dessas, bicho!
Alguns pesquisadores defendem que o dry aged nasceu em Nova Iorque - por isso achei legal minha passagem pela cidade para finalmente provar. Comi no Gallagher's Steakhouse, e fui muito bem atendida. Era um Porterhouse com 21 dias de maturação. Só não curti muito o ponto da carne - pedimos ao ponto e o meio estava beeeeem vermelho mesmo! Ah, se não quiser dry aged, eles têm outras opções. :)


Sinceramente, não sei se comeria de novo. Hahaha! Mas não dá pra dizer que não foi uma experiência legal. :)

E aí, curtiu as sugestões? Faria algum desses passeios? Me conte aqui nos comentários. E não deixe de ficar de olho no blog pois estou preparando muito conteúdo para quem, assim como eu, ama viajar! A gente se vê no próximo post!

Veja também:

4 comentário(s)

  1. Que dicas ótimas hein?
    Estou com uma Pesquisa de Público no blog e convido você para participar.
    big beijos,
    Lulu
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  2. Com certeza minha próxima ida para os EUA será NYC. Acho divina a cidade, mas ainda não conheço. Já visitei Orlando e Los Angeles.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir

Instagram Images